Maranhão admite apoiar Cartaxo ao Governo, mas rechaça imposição

26

com MaisPB

O senador e presidente do MDB, José Maranhão, admitiu apoiar uma possível candidatura do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), ao Governo do Estado nas eleições deste ano, mas rechaçou a cobrança em torno da formação da aliança.

Em entrevista à rádio CBN, ele voltou a afirmar que não firmou compromisso para apoiar o PSD e destacou que não existe uma aliança da oposição. “A aliança que fizemos com Luciano foi para elegê-lo prefeito. Agora temos obrigação de eleger a presidente da República, a Papa, a tudo?”, questionou.

Para Maranhão, a aliança não pode ocorrer como um casamento “a ferro e fogo”. “Podemos apoiar, mas não aceito cobrança. Luciano não pode apoiar o candidato do PMDB?”, indagou.

Durante a entrevista ele ainda ressaltou que “o pau que bate em Chico pode bater em Francisco” e manteve seu nome na disputa pelo Governo do Estado. O senador ainda falou em “reciprocidade” e afirmou que o prefeito de João Pessoa ainda precisa retribuir o apoio do MDB.

IN1